Air China lançará nova rota entre Pequim, Houston e Cidade do Panamá

Em junho de 2017, foi firmado um comunicado conjunto sobre o estabelecimento de relações diplomáticas entre a República Popular da China e a República do Panamá. Esse estabelecimento formal de relações diplomáticas leva a uma nova era uma relação que já tem mais de 160 anos. A China é o segundo maior parceiro comercial do Panamá e o segundo maior usuário do Canal do Panamá, enquanto o país centro-americano é o maior parceiro comercial da China na América Central. Em 2017, o comércio entre os dois países totalizou quase US$ 6,7 bilhões, enquanto a movimentação bilateral de passageiros chegou a cerca de 40 mil, com crescimento anual de quase 30%.

Mais conhecida pelo canal que corta o país, a Cidade do Panamá é uma localidade portuária histórica que se desenvolveu entre exuberantes montanhas e o Oceano Pacífico. Os turistas que a visitam podem testemunhar o contraste entre uma colorida arquitetura colonial e fulgurantes e modernos arranha-céus que dominam o horizonte. O Panamá desfruta de uma posição geográfica singular na qualidade de conexão marítima e terrestre. Também é considerado pela China uma extensão natural da Rota Marítima da Seda do Século XXI na América Latina, com um papel fundamental a cumprir. Além de tornar ainda melhores as relações comerciais entre os dois países, a Air China espera que o lançamento da nova rota entre Pequim, Houston e Cidade do Panamá aprimore consideravelmente as conexões de transporte entre a China e o país centro-americano. A rota também deverá incrementar o comércio, os investimentos e a cooperação marítima, educacional e turística entre as duas nações.

Nos últimos anos, a Air China vem trabalhando para tornar Pequim um importante hub aeroportuário, com um alcance verdadeiramente global. A rede de rotas da Air China já se estende por todos os seis continentes habitados, e o lançamento do serviço entre Pequim, Houston e Cidade do Panamá representa um marco em seus esforços para expandir a cobertura nas Américas. A Air China opera mais de 200 voos semanais para 12 destinos nas Américas, entre eles Nova York (Newark e JFK), Washington, Los Angeles, San Francisco, San José, Havaí, Vancouver, Montreal, Havana e São Paulo. Desfrutando de cabines modernas e arejadas e de um atendimento excelente, os passageiros podem viajar com extremo conforto.

Informações dos voos:

Números dos voos: CA885/6 (todos os horários no fuso local); voos de ida (quinta-feira e domingo): saída de Pequim às 7h40 e chegada a Houston às 8h20; saída de Houston às 10h50 e chegada à Cidade do Panamá às 14h30; voos de volta (quinta-feira e domingo): saída da Cidade do Panamá às 16h30 e chegada a Houston às 20h15; saída de Houston à 1h do dia seguinte e chegada a Pequim às 4h50 do dia posterior. A rota entre Pequim, Houston e Cidade do Panamá é operada em uma aeronave de fuselagem larga 777-300 ER (Extended Range), popular entre viajantes de negócios. As cabines de classe executiva e de primeira classe estão equipadas com assentos totalmente reclináveis e com um bar central. Além disso, passageiros em todas as classes têm suas próprias tomadas de energia e sistema de entretenimento de bordo. A aeronave Boeing também conta com banheiros acessíveis para cadeirantes e iluminação ambiente dinâmica de LED para assegurar uma viagem mais confortável a todos os passageiros.

Logo – http://photos.prnewswire.com/prnh/20141017/152745LOGO

 

FONTE Air China

PEQUIM, 26 de março de 2018 /PRNewswire/ — Em 5 de abril de 2018, a Air China lançará uma nova rota de Pequim à Cidade do Panamá via Houston. A nova rota deverá facilitar muito o intercâmbio entre os dois países, bem como com as regiões vizinhas, além de oferecer aos passageiros uma maior gama de opções.